Páginas

sábado, 2 de agosto de 2008

Fofoca: O doce sabor de viver em sociedade falando bem ou mal de alguém!


Ah quem diga que fazer fofoca é ruim, a outras pessoas que tem verdadeira adoração por tal esporte. Fazer fofocas, nem sempre é contar uma coisa mentirosa, falar mal ou bem de alguém ou um acontecimento. Fofoca é uma maneira democrática das pessoas ficarem sabendo o que se passa com outras pessoas (dando pequenas alfinetadas, ou aumentando um pouco o assunto) já dizia minha sábia avó: ”Quem conta um conto, aumenta um ponto.” Sempre temos alguém que está disposto a virar noticias como também temos varias bocas de “Matilde” espalhadas pelo mundo, para dar uma ajuda. Fazer fofoca tem que ter dom, e pode ter certeza estas pessoas o possuem com primazia.
Se você quer ser noticia já sabe aonde ir, que roupa usar. Mas se quer ser motivo de disse me disse, já sabe com quem falar, e o melhor, peça para guardar segredo, porque ela não vai fazer isso nunca em tal existência, e ainda fará com tanto prazer que acabara aumentando o assunto. Existe coisa melhor ser o centro das atenções? Não? Então não sabem o que estão perdendo.
Com esta nova fase de paparazzo ninguém tem mais sossego, é celular, maquina digital e mais coisas que este povo não cansa de inventar. Bom mesmo é Chico Buarque de Holanda, ele tem nada mais nada menos que umas cinco camisetas da mesma cor e mesmo corte, para evitar que os paparazzos tirem foto dele, porque sempre ira parecer à mesma pessoa, no mesmo dia na mesma hora. Tem graça isso? Se for famoso tem mais que aproveitar (deixem as pessoas trabalharem seu Chico elas precisam) e você, vamos combinar sempre e será alvo das atenções por ser lindo (graças a meu bom Deus) inteligente e um compositor fantástico. Por mais que seja invasivo, quem te curte quer mesmo saber da sua vida,por onde anda e tudo mais! (adoro Chico) mas voltando à tecla da indiscrição se é que podemos falar assim, a fofoca é maravilhosa sempre vem acompanhada com gostinho de vale a pena ouvir de novo. Falar de alguém ou tecer comentários é uma grande forma de mostrar que estamos em alta, por mais depreciado que sejam os assuntos, as pessoas que fazem tal fofoca, no fundo bem lá no fundo, morrem de inveja ou adoraria parecer com a gente. Ou apaixonados, vai entender. Conheço pessoas que quando a gente vai contar algo, vem acompanhado com a pergunta: “Posso espalhar a noticia?” porque se não posso melhor nem contar. Estas pessoas que são felizes gostam tanto de propagar a boa nova que comentam de maneira tão natural que até parece perolas. Fofoqueiros de plantão, por favor, quando forem ficar pendurados na janela ou mesmo na porta do prédio, da esquina ou em qualquer lugar, vão com seu crachá de identificação, assim como fazem os jornalistas. Se identifique porque as pessoas adorariam contribuir para as conversas de vocês, mas, por favor, se identifique assim poderemos cobrar uma retratação caso a fofoca tenha sido mal feita! Já que vai fazê-la faça com charme e elegância, falar mal é uma coisa ofender é outra e depreciar nem pensar. Isto magoa e chateia os outros! Então viva os fofoqueiros de plantão para o nosso bem e o dos outros também!

2 comentários:

sonia disse...

S-E-N-S-A-C-I-ON-A-L...Não quero ficar puxando o saco,mas Lú vc é demais....CARA vc deveria escrever livros...torna gostoso o assunto de ler,tem sempre um toque de humor é dez...mas eu sou suspeita pra falar ja disse q sou sua fã nº1

Luiz Carlos disse...

Sonia e minha leitora numero um...totalmente suspeito amiga!!!quem sabe não escrevo???